Article

Conheça a equipe de mulheres que desenhou uma mamografia mais confortável

Usando seus insights únicos como pacientes, uma equipe de mulheres se reuniu para criar uma mamografia mais confortável

Quando se trata de combater o câncer de mama, as mamografias costumam ser consideradas a primeira linha de defesa. No entanto, muitas mulheres evitam mamografias por causa do medo e da ansiedade com o resultado potencial e o desconforto do exame. [1] A taxa de adesão ao rastreamento mostrou ser menor em mulheres que sentiram dor durante a mamografia em comparação com aquelas que não sentiram. [2] A opção de não fazer uma mamografia pode atrasar o diagnóstico de câncer de mama e afetar o prognóstico de longo prazo da paciente, pois estudos mostraram que encontrar o câncer de mama precocemente pode reduzir o risco de uma mulher morrer da doença em 25-30 por cento ou mais. [3] É por isso que uma equipe de mulheres da GE Healthcare se reuniu e usou seus insights exclusivos como pacientes para criar um sistema de mamografia em que gostariam de fazer o escaneamento. Como resultado, o Senographe Pristina™ foi projetado especificamente com o conforto do paciente em mente. Conheça parte da equipe por trás desta tecnologia inovadora de mamografia.

Aurelie Boudier, Diretora Global Criativa de Design de Marca & Linguagem para Design Global

“Fazer uma mamografia não é algo que as mulheres esperam ansiosamente. Muitos dispositivos são hostis, intimidantes e desconfortáveis. Tivemos que abordar cada aspecto do projeto com empatia e olhar para o sistema do ponto de vista da paciente”, compartilha Aurelie. “Sabemos que a compressão pode ser dolorosa. Este dispositivo é mais confortável e o design ajuda a melhorar o conforto do paciente durante a detecção. Como o detector é mais fino com cantos arredondados, os pacientes dizem que é mais confortável porque há menos material entrando em contato com a pele nua.” O Senographe Pristina ™ também incorpora cores calmantes e formas suaves novamente para ajudar a reduzir a ansiedade do paciente e tornar a mamografia uma experiência mais positiva. “Não é Hello Kitty ou Barbie rosa”, diz Boudier com uma risada. “É um rosa suave e metálico - um rosa mais maduro, inspirado em cosméticos e na indústria automotiva.”

 

Fanny Patoureaux, Gerente de unidade de qualidade de imagem de mamografia

“Minha equipe e eu nos especializamos em otimização de qualidade de imagem, o que significa que nos esforçamos para ter a melhor qualidade de imagem possível para que os radiologistas possam detectar o câncer mais facilmente”, diz Fanny. “Como engenheiros de qualidade de imagem, estamos sempre procurando maneiras de ajudar os radiologistas a diagnosticar com mais facilidade e precisão.” Foi assim que surgiu a Mamografia Espectral Aprimorada com Contraste (CESM) - uma ferramenta de imagem na qual Fanny trabalhou durante seu doutorado. Realizado como um acompanhamento de mamografia e ultrassom inconclusivos, o SenoBright™ HD (CESM) destaca áreas de padrões de fluxo sanguíneo incomuns - tudo em um procedimento simples e rápido.

“Como alguém cuja família foi atingida pelo câncer de mama, sei que a mamografia pode parecer intimidante”, acrescenta Fanny. “É por isso que tenho orgulho de trabalhar em um sistema de mamografia projetado por mulheres, para mulheres, com empatia em mente. Eu encorajo você a se cuidar e conversar com seu médico sobre a saúde das suas mamas.”

Beatrice Martin, Líder da Equipe de Negócios de Mamografia

“Minha equipe e eu montamos o Senographe Pristina ™ para enviar para prestadores de cuidados de saúde em todo o mundo”, diz Beatrice. “Sou responsável por liderar equipes em seis etapas da linha de montagem: montagem mecânica, montagem elétrica, teste de segurança, calibração mecânica, calibração de imagem e, por fim, cobertura e envio.” Existem mais de 500 peças em nosso dispositivo de mamografia, mas cada uma é extremamente importante para garantir que seja uma virada técnica do jogo. “De todas as etapas do processo de montagem, a última é sempre a mais satisfatória, quando colocamos as tampas finais em nosso mamógrafo. É necessário muito trabalho duro em cada estágio, então é tão bom ver tudo funcionando.”

Laura Hernandez, Gerente Geral de Saúde da Mulher e Raios-X na Europa

“Ao discutir a experiência do paciente, percebemos que isso vai além da máquina de mamografia”, diz Laura. O resultado foi o SensorySuite, que redesenha totalmente a sala com o Senographe Pristina™. Simultaneamente estimula pelo menos três dos sentidos de uma mulher - cheiro, visão e som - e melhora a experiência em uma estratégia de imersão para ajudar a reduzir o desconforto, dor e ansiedade percebidos de uma mamografia. “Queríamos que a sala parecesse quase um spa, em vez de uma sala branca e esterilizada”, acrescenta Laura. “Também apresentamos o Pristina Dueta™, o primeiro dispositivo de compressão assistida por paciente da indústria, que permite que as mulheres desempenhem um papel ativo em sua compressão com a ajuda de um tecnólogo.”

 

Referências

1 - Aro, A., de Koning, H., Absetz, P., Schreck, M. (2001). Two distinct groups of non-attendees in an organized screening mammography program. Breast Cancer Research and Treatment. 70(2):145-153.

2 - Whelehan, P., Evans, A., Wells. M., MacGillivray, S. (2013). The effect of mammography pain on repeat participation in breast cancer screening: A systematic review. The Breast 22 (2013). pp 389-394 Available at: http://cochranelibrary- https://ac.els-cdn.com/S096097761300057X/1-s2.0-S096097761300057X-main.pdf?_tid=a5a4a15c-fd0d-4cf2-97f7-c96e4931e0cf&acdnat=1529309059_768ca33c4b87f642274ada9fcae343d1 (Accessed on 18 June, 2018)

3 - http://www.breastcancer.org/symptoms/testing/types/mammograms/benefits_risks