Pacientes com fibrilação atrial são hospitalizados duas vezes mais do que os pacientes sem fibrilação atrial e têm uma probabilidade três vezes maior de apresentar várias internações.1 A fibrilação atrial custa aos Estados Unidos cerca de US$ 26 bilhões por ano.1

A jornada do paciente